Studio R | Decoração Industrial: Decorando Com Graça e Ousadia
58497
post-template-default,single,single-post,postid-58497,single-format-standard,qode-core-1.2,ajax_fade,page_not_loaded,,pitch-ver-1.8, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,grid_1300,woocommerce_installed,blog_installed,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Decoração Industrial: Decorando Com Graça e Ousadia

Imagine o interior de uma casa com tijolos à mostra, canos expostos em paredes e tetos, concretos totalmente in natura, sem nenhuma pintura, dando uma ideia de casa inacabada. Este é um estilo de decoração que voltou com tudo, já faz algum tempo. Estamos falando da Arquitetura Industrial que nasceu por volta dos anos 70, em Nova Iorque, quando a cidade teve uma explosão de crescimento demográfico, obrigando as fábricas a migrarem dos centros urbanos para a periferia, deixando para trás imensos galpões que passaram a ser ocupados pelos novos moradores da cidade. Estes novos habitantes, no entanto, eram em sua maioria, pessoas de baixo poder aquisitivo, que com pouco ou nenhum dinheiro para gastar em reformas, adaptaram o espaço usando a criatividade, descascando a tintura velha das paredes,  permitindo assim visualizar concretos, tijolos e tubulações.

Seguindo essa tendência, para criar um estilo clássico e despojado, a ideia é destacar os elementos mais simples, e fazer deles o principal atrativo da decoração. Assim, ao invés de esconder um cano de tubulação numa sala de estar, por exemplo, o intuito é destacá-lo, como se fosse uma obra de arte.

O metal e a madeira em sua forma mais rústica são os principais elementos para produzir um ambiente em estilo industrial. Um ambiente espaçoso, sugere elementos mais pesados, como troncos ou objetos de madeira, combinados com elementos mais leves, como canos tubulares em tons de cinza ou cabos de aço que garantirão o contraste e trarão leveza ao ambiente.

À partir de uma infinidade de possibilidades, como a aplicação de madeiras de demolição, cimento queimado, concreto e tubulações aparentes, móveis e objetos de aparência desgastada são elementos chaves para compor o estilo. Com criatividade, é possível mudar a cara de sua sala de estar ou escritório, da noite para o dia, com sustentabilidade e personalidade, sem comprometer demais o orçamento. Este tipo de decoração, sugere luminárias de teto grandes, volumosas, que misture metais com materiais orgânicos, como tecidos ou madeira, que trazem mais leveza. Pendentes mais simples também podem ser usados, sendo uma opção bacana e mais acessível. Trilhos, por não exigirem tantos pontos elétricos para instalação e serem elementos decorativos, trarão o toque industrial para o seu ambiente.

Studio R Soluções em Iluminação Sobre o Autor
Nenhum Comentário

Deixe um Comentário: